Advertisement
APIEE
Bom dia - 23-Nov-2017, 09:32
52-1_alqueva_3.jpg
41-9_alta_tensao.jpg
55-6_parque_eolico_2.jpg
Entendimento e cooperação entre os Associados

A APIEE – Associação Portuguesa dos Industriais de Engenharia Energética, é uma associação empresarial sectorial, de direito privado, constituída em Abril de 1995.

“Esta designação só se implementou há cerca de seis anos, anteriormente era conhecida como Associação Portuguesa de Industriais de Engenharia Eléctrica, mas como alguns dos nossos associados tinham actividades ligadas ao gás, propuseram ligar as duas áreas e criar uma associação na vertente da energia. Ponderamos a situação e achamos que era uma ligação correcta e, desta forma, surge a actual designação”, afirma Ivo Barreto.

A APIEE, associação da qual Mira Amaral apadrinhou a criação, tem como finalidade não só agrupar os industriais
da construção eléctrica, gás e telecomunicações, como também proceder à promoção, representação e defesa dos interesses comuns, tanto morais, como profissionais e económicos desses sectores.

A APIEE é uma associação de âmbito nacional e sem fins lucrativos que promove a indústria de engenharia eléctrica, gás e telecomunicações e ao mesmo tempo dá o devido realce, quer junto das entidades públicas e privadas, quer junto ao cidadão comum.

“Damos grande importância à moralidade com que se trabalha no mercado português. Apercebemo-nos que a concessão de alvarás tinha vindo, ultimamente, a ser muito mal gerida. Havia empresas de cons trução civil que obtinham alvarás ao nível da instalação eléctrica sem terem os meios humanos e materiais necessários. Depois de termos falado com as entidades competentes, estamos na esperança que a nova legislação poderá alterar este panorama”, afirma o entrevistado em relação
à justiça da concessão de alvarás.

Desta forma, pedimos ao inter locutor para explicar, concretamente, o que entende ser necessário alterar neste aspecto: “Há situações que, de facto, pretendemos que venham a ser alteradas. Por exemplo, numa obra de grande volume, queremos uma clara separação do que são instalações eléctricas e ar condicionado, do resto que está ligado directamente à construção civil. No nosso entender, parece-nos que esta separação não deveria acarretar maiores custos para o dono da obra. Acaba por ser uma situação mais justa e vantajosa para todos”.

Assim, procuramos saber que tipo de serviços a APIEE presta aos seus associados, passando a explicar Ivo Barreto que “participamos na ajuda do processo de candidatura a alvará. Não é algo obrigatório, pois temos associados que entregam as candidaturas direc tamente mas, na realidade, existem outros que recor rem aos serviços da associação”.

Visto o presidente da direcção da APIEE ter um claro espírito associativo, perguntamos com encarava a criação de uma federação para o sector onde está inserido: “Agrada-me a ideia de uma federação que unisse as associações da nossa área. Se a construção civil tem uma, parece-me que também seria positivo nós constituirmos uma”.

Ivo Barreto não quis terminar a entrevista ao jornal «O Primeiro de Janeiro», sem apresentar o projecto a que a associação se propõe a médio prazo: “O nosso principal objectivo era chegarmos a um número razoável de associados e, neste momento, temos cerca de 70. A numeração dos nossos sócios é atribuída à entrada para a asso ciação e, actualmente, o número já ultrapassou os 100.

Como é óbvio, alguns sócios foram ficando pelo caminho pelas mais diversas razões, entre as quais a falta de pagamento das quotas que são obrigatórias segundo os nossos estatutos. Neste momento, a nossa intenção seria a nossa expansão tanto a nível de espaço físico, assim como de recursos humanos. Sentimos esta necessidade pois, por vezes, sen timos que não temos gente suficiente para respondermos a todas as solicitações e, para além disso, também sentimos a neces sidade de termos a nossa própria sede”, conclui.

 

« < Novembro 2017 > »
D S T Q Q S S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
©2008 APIEE - Associação Portuguesa dos Industriais de Engenharia Energética - Todos os Direitos Reservados